Como funciona a Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial de 24 horas

Como funciona a Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial de 24 horas
4 de junho de 2019 Marketing

Em pacientes com problemas de P.A, a Monitoração Ambulatorial da Pressão Arterial de 24 horas (MAPA) se torna uma excelente ferramenta no auxílio do diagnóstico e acompanhamento de sua pressão em atividades do dia a dia.

O método funciona da seguinte forma: o paciente coloca um aparelho automático oscilométrico pela manhã e faz suas atividades normais. A cada 20 minutos ao longo do dia o aparelho realizará medições e a cada 30 minutos no período da noite, resultando em cerca de 70 medidas a serem apresentadas ao médico em seu retorno.

Mas para que o resultado seja satisfatório, devem ser dadas as seguintes recomendações ao paciente:  

  • Ao utilizar o equipamento, faça as atividades que você realiza normalmente, para avaliar a pressão arterial com precisão.
  • Anote todas as atividades do seu dia em um caderno e leve ao médico, para que seja possível justificar as alternações da PA.
  • Tome banho antes de colocar o aparelho, porque após colocá-lo não é possível se lavar.
  • Utilize roupas confortáveis e mais soltas.

Com esse equipamento o diagnóstico se torna assertivo, considerando que podem haver discrepâncias, como o Jaleco Branco ou Mascarada, que consistem na medida no consultório elevada – MAPA normal e medida no consultório normal – MAPA alterada, levando a investigação do porquê dessas alterações de PA.

Recentemente um artigo da The New England Journal of Medicine estudou justamente isso em uma amostra de 63 mil pacientes correlacionando esses números com a mortalidade geral e chegou a conclusão de que a elevação na PAS-24h não só está associada com maior risco de eventos cardiovasculares como de mortalidade de forma geral,  que justifica e torna ainda mais evidente a importância da MAPA, especialmente nos pacientes de risco.

Confira o artigo completo clicando AQUI.