A história do estetoscópio

A história do estetoscópio
4 de setembro de 2018 Marketing

Na história da pneumologia, René-Théophile-Hyacinthe Laennec (1781-1826), discípulo de Corvisart e médico de Napoleão, foi um dos mais importantes médicos da época, pois contribuiu efetivamente em tornar conhecidas as doenças pulmonares e pela invenção do estetoscópio.

Naquela época, os médicos se aproximavam colocando o ouvido contra o tórax do paciente, como maneira a escutar os sons cardíacos ou pulmonares. Um dia, ao perceber que duas crianças transmitiram ruídos por meio de uma prancha de madeira diretamente aos ouvidos, René decidiu enrolar algumas folhas de papél para que conseguisse ouvir os batimentos dos pacientes.

Após isso, ele teve a ideia de construir um cilindro de madeira e ficou extremamente feliz porque passou a ouvir sons que nunca havia escutado, abrindo o quadro clínico de diversas doenças. Tudo isso foi relatado em sua obra De l’auscultation mediate e em seguida fez com que sua invenção “examinador do peito” estivesse disponível para venda.

Ele foi o primeiro a descrever a tuberculosis verrucosa cutis, a tuberculose de pele e outras doenças. 

Gostou da curiosidade? Curta e compartilhe.